Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Como aumentar a velocidade de carregamento de um site
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Como aumentar a velocidade de carregamento de um site?

Se um visitante ao clicar no seu site, ter que esperar mais do que alguns segundos para que ele carregue, é provável que ele abandone o site e procure outro mais rápido, e isso pode fazer com que você perca muitas conversões.

Felizmente, há uma solução para aumentar a velocidade de carregamento de um site, mas envolve a identificação do problema ou problemas que causam tempos de espera lentos.

Como pode ser difícil identificar o que está errado, você pode usar ferramentas como o PageSpeed ​​Insights do Google para ajudar. O Google PageSpeed ​​considera vários fatores para uma pontuação geral do tempo de carregamento. Quando você analisa a velocidade do site ou da página, o Google fornece uma lista de métricas que contribuem para a pontuação. Vamos descobrir quais são essas métricas?

Aumentar a velocidade de carregamento de um site com base em dados de campo do Google PageSpeed ​​Insights

O primeiro conjunto de elementos que o Google PageSpeed ​​Insights fornece é chamado de campo de dados. Isso inclui uma variedade de aspectos do seu site. (Você também pode aprender mais sobre os principais sinais vitais da web e como isso afetará a velocidade e o desempenho do SERP.)

Como aumentar velocidade de site

1. First Contentful Paint (FCP)

FCP (primeira tela com conteúdo) é quando seu navegador renderiza as informações iniciais do site. Isso inclui texto, imagens (incluindo imagens de fundo), telas não brancas e gráficos vetoriais escaláveis ​​(SVG).

2. Largest Contentful Paint (LCP)

LCP (tela com maior conteúdo) é uma métrica de experiência do Google que mede o tempo que leva para carregar a maior parte das informações na página. O Google usa o LCP como um fator de classificação para as páginas.

3. First Input Delay (FID)

FID (primeiro atraso de entrada) mede o tempo de resposta do site quando um usuário interage pela primeira vez com ele. Se o usuário clicar em um vídeo, o tempo que leva para reproduzi-lo é o seu FID.

4. Cumulative Layout Shift (CLS)

CLS (cumulative layout shift), traduzido para o português significa “mudança de layout cumulativa” é outro fator de classificação para o Google. É uma mudança inesperada – significando pular para outros locais na tela – dos elementos da página conforme ela carrega. É uma indicação de codificação inadequada e pode ser causado por imagens, anúncios, vídeos, formulários de contato e fontes.

Uso dos dados de laboratório para aumentar a velocidade da página

O segundo conjunto de elementos é chamado de dados de laboratório. Inclui os elementos abaixo, bem como o tempo total de bloqueio, o tempo de interação e o índice de velocidade.

Aumentar Velocidade de Carregamento de Páginas

1. Speed Index (SI)

O SI (índice de velocidade) mede o tempo médio que leva para todos os elementos em uma página se tornarem visíveis. Medido em milissegundos, ele calcula o tempo que leva para os elementos visuais carregarem acima da dobra – a parte de uma página da web vista antes que o usuário precise rolar.

2. Time to Interactive (TTI)

O TTI (tempo para interação) mede quanto tempo leva para que todos os elementos interativos em uma página se tornem totalmente funcionais. É o tempo entre a Primeira tela com conteúdo e o momento em que a página pode lidar com a ação do usuário.

3. Total Blocking Time (TBT)

O TBT (tempo total de bloqueio) mede o tempo entre a primeira tela com conteúdo e o tempo em que um site se torna interativo.

Por que é importante melhorar a velocidade de carregamento?

A velocidade de carregamento da página afeta a experiência do usuário. A velocidade de carregamento de página mais rápida contribui para uma melhor experiência do usuário e pode aumentar as visualizações e conversões da página e reduzir a taxa de rejeição. Vamos entrar em mais detalhes sobre os benefícios de melhorar a velocidade de carregamento do seu site.

1. Melhora a experiência do usuário

De acordo com a pesquisa do Google, 32% dos consumidores esperam que um site carregue em no máximo dois segundos.

Cada segundo posteriormente prejudica a experiência do usuário. Os visitantes do seu site não querem esperar o carregamento da sua página e, muitas vezes, procuram outra empresa com uma experiência de usuário melhor.

2. Aumenta as visualizações da página

Você deve ter notado que algumas das métricas que mencionei acima, nomeadamente LCP e CLS, afetam a classificação da página do Google. Em sua busca por fornecer resultados de pesquisa de alta qualidade para os usuários, o Google inclui métricas que medem os tempos de carregamento. Portanto, quanto melhor for a velocidade da sua página, melhor será sua classificação no Google .

3. Aumenta as conversões

Se suas páginas carregam rapidamente, é lógico que, seus usuários ficarão mais felizes e dispostos a se transformar em clientes. Em 12 estudos de caso conduzidos pela HubSpot , eles descobriram que a diminuição do tempo de carregamento da página aumentava as conversões de 3 a 17 por cento.

Fizemos as contas. Se você é um site de comércio eletrônico que ganha R$ 10.000 por dia, um atraso de um segundo na página pode custar R$ 2,5 milhões por ano.

4. Diminui a taxa de rejeição

De acordo com o Think with Google, quando o tempo de carregamento da página aumenta de um segundo para três segundos, a probabilidade de salto aumenta em 32 por cento. Se aumentar de um para cinco segundos, a probabilidade aumenta 90 por cento.

Taxa de abandono por carregamento

A diferença de alguns segundos é a diferença entre manter e converter usuários e vê-los ir para outro lugar.

8 maneiras de aumentar a velocidade da página

Para obter uma análise de velocidade de carregamento da sua página, teste seu site usando uma ferramenta do Google PageSpeed ​​Insights.

Google PageSpeed Insights

Ele solicitará que você insira um URL e, em seguida, levará alguns minutos para analisar sua página.

Quando terminar, você obterá uma pontuação geral semelhante a esta.

Esta é uma pontuação muito baixa, mas não entre em pânico. O Google explica uma série de fatores que podem afetar a pontuação final e até mesmo fazer com que ela flutue. Alguns desses fatores incluem:

  1. Realização de testes A / B;
  2. Alterando os anúncios em sua página;
  3. Mudanças no roteamento do tráfego da Internet;
  4. Teste em diferentes dispositivos, como um desktop de alto desempenho e um laptop de baixo desempenho;
  5. Extensões de navegador que injetam JavaScript, que podem adicionar ou modificar solicitações de rede;
  6. Software antivírus.

O Google pode analisar esses fatores e fornecer uma lista de oportunidades e diagnósticos para ajudá-lo a acelerar o tempo de carregamento de sua página.

Você também pode tentar as seguintes ações para aumentar a velocidade da página:

1. Redirecionamentos de limite

Quanto mais redirecionamentos você tiver, mais tempo levará para o servidor encontrar e carregar a página correta. Elimine redirecionamentos desnecessários sempre que puder.

2. Insira uma barra final

Não se esqueça de incluir a barra final no final da URL. Ao fazer isso, você está informando ao servidor que não há diretórios de arquivos para pesquisar e que esta página é o destino final.

Portanto, em vez de https://onblue.digital, seu URL deve ser https://onblue.digital/ .

Isso reduzirá uma fração de segundo do seu tempo de carregamento, onde cada milissegundo conta.

3. Comprimir e otimizar imagens

Arquivos de imagem grandes ou muitas imagens podem ocupar muito tempo de carregamento da página. Certifique-se de que todas as suas imagens sejam redimensionadas e compactadas corretamente.

Eles também devem ser salvos no formato correto. Os arquivos PNG e JPEG são os mais facilmente compactados e todos os navegadores os suportam.

A compactação de uma imagem reduz o tamanho do arquivo e é representada em kilobytes e megabytes. Como regra geral, imagens de alta qualidade podem ser compactadas em 60% a 80%. Você nunca deve ter uma imagem maior que 1 MB.

O redimensionamento altera o tamanho da imagem na página. As imagens Hero podem ocupar toda a largura do seu site (ou cerca de 1900 pixels), enquanto as imagens menores devem ter 700 pixels ou menos. Você sempre pode diminuir o tamanho, mas é muito difícil aumentar o tamanho sem que a imagem pareça pixelada.

Otimize mais ainda suas imagens usando um recurso de exibição de imagens em WEBP para navegadores com suporte a este formato. Neste formato suas imagens são convertidas em um formato mais leve que PNG e JPG e otimiza o carregamento das imagens quando o visitante acessa seu site.

4. Use uma rede de distribuição de conteúdo (CDN)

Com um CDN, uma rede de servidores hospeda seu site localmente para acelerar o tempo de carregamento da página. Um usuário do Rio Grande do Sul acessando um site hospedado em Minas Gerais, por exemplo, não teria que fazer ping no servidor de origem, mas sim em um mais próximo, em São Paulo por exemplo.

Ao espalhar o conteúdo em vários servidores, ele reduz o número de solicitações ao servidor de origem, o que diminui o tempo de carregamento.

5. Limite de plug-ins e elementos extras de página

Plug-ins, JavaScript, CSS e outros elementos extras aumentam o tempo de carregamento da página. Inclua apenas os elementos que são necessários para sua página.

Claro, existem plugins feitos para ajudar na velocidade do site. Plugins que redimensionam imagens automaticamente, reduzem o código e adiam o carregamento de JavaScript e CSS, estes podem ajudar na velocidade da página. Você tem que determinar se os recursos que esses plugins permitem valem a pena ser compensados ​​com a velocidade da página.

6. Minimize o HTML & CSS

Ao minimizar o código do seu site, você remove todos os espaços, notas e marcações extras que os desenvolvedores usam para tornar seu código legível e mais fácil de trabalhar no futuro. Um servidor não precisa de tudo isso para ler HTML, JavaScript ou CSS e pode atrapalhar quando tenta carregar uma página.

Existem ferramentas para ajudá-lo a minimizar seus sites:

  • Compressor YUI do Yahoo! para CSS
  • Google Closure Compiler para JavaScript
  • Minificador Microsoft Ajax para CSS
  • HTMLMinifier para HTML

7. Utilize o cache

Quando um site é armazenado em cache, o servidor salva cópias de suas páginas, portanto, não é necessário começar do zero toda vez que carrega o site. Usando o cache, você pode reduzir o tempo.

8. Escolha sua hospedagem com cuidado

Quando se trata de hospedagem na web, você encontra muitos planos econômicos. Planos mais baratos podem não conseguir lidar com tanto tráfego e processamento, o que pode diminuir a velocidade da página.

Existem quatro tipos de serviços de hospedagem na web que você pode escolher:

  • Hospedagem compartilhada: um único servidor hospeda vários sites pequenos. O preço da hospedagem compartilhada é baixo, mas um aumento no tráfego para qualquer outro site hospedado pode derrubar o seu.
  • Hospedagem VPS: um servidor virtual privado, ou VPS, hospeda muitos sites, mas cada site tem um “ponto” virtual dedicado apenas para eles. Por ser virtual, oferece mais recursos, reduzindo potencialmente o risco de problemas de velocidade do site, relacionados ao tráfego.
  • Hospedagem de servidor dedicado: um site é hospedado em um único servidor. Embora mais caro, ajuda a reduzir ou eliminar o risco de perda de velocidade do site devido a picos de tráfego de outros sites.
  • Hospedagem em nuvem: os sites são hospedados em uma rede de servidores virtuais e físicos que oferecem mais recursos e mais flexibilidade. Se você repentinamente obtiver um pico de tráfego, um host virtual será escalado para lidar com isso.

Para escolher o serviço de hospedagem certo para o seu site, considere os tamanhos e o orçamento do seu site.

Conclusão

Um tempo de carregamento rápido sempre foi um componente importante para experiência do usuário. Agora que é um dos componentes do Google em seu algoritmo de classificação, a velocidade da página se tornou crítica para classificação e visualizações de página.

Para melhorar a velocidade da página, procure problemas comuns que fazem com que as páginas carreguem lentamente, como imagens muito grandes ou que você esteja usando muitos plugins.

Se você não tiver sucesso ou não conseguir seguir as práticas que aumentam a velocidade da página, a Onblue Digital está aqui para orientá-lo ao longo das etapas.

Você já deu uma olhada na velocidade do seu site? Quais foram as causas mais comuns de tempo de carregamento mais lento para você? Deixe nos comentários!

Junte-se aos nossos leitores inteligentes e receba novidades, artigos e dicas valiosas para ter sucesso nos seus negócios.

Leia Mais

Como Anunciar no YouTube Guia Completo_como-criar-anuncios-para-ecommerce-no-facebook
Links Patrocinados
Como Anunciar no YouTube – Guia Completo [2021]

Se você está decidindo como alocar seu orçamento de anúncio em vídeo, o YouTube tem amplo alcance e recursos poderosos de segmentação que o tornam uma plataforma inegavelmente valiosa em toda a jornada do cliente. Veja aqui como anunciar no YouTube.

Leia Mais »
Compartilhe esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp